Instalações para Pessoas Deficientes

Tal como no resto da Europa, todas as novas construções têm de prever obrigatoriamente acessos e equipamentos para deficientes. Por essa razão, os centros comerciais, edifícios e zonas urbanas mais recentes possuem boas condições de acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida. Contudo, nas áreas de construção mais antiga os acessos para deficientes não são comuns.
Muitas das ruas e passeios mantêm os antigos pavimentos em pedra, e embora ofereçam belos panoramas não estão preparados para a circulação de pessoas com deficiências. Da mesma forma, as infra-estruturas para deficientes são escassas no Aeroporto Internacional da Madeira.

Pelo contrário, a maioria dos hotéis pode acomodar confortavelmente as pessoas com deficiência, e quase todos possuem elevadores e rampas de acesso. Informe-se sobre o tipo de condições oferecidas pelo hotel onde pretende ficar alojado antes de fazer a reserva.
As cabinas de teleférico possuem acessos para deficientes e imobilizam-se para permitir a entrada de pessoas em cadeiras de rodas.
A Marina do Funchal também dispõe de equipamentos para deficientes e uma rampa próxima do bar Beer House que dá acesso a todos os restaurantes e bares desta bonita área marginal.

Um pequeno segredo – o trilho entre o Pico das Pedras e Queimadas, no bonito concelho de Santana, encontra-se agora preparado para receber os visitantes com deficiências. Desta forma, a beleza pouco acessível da laurissilva (floresta de árvores da família do loureiro) madeirense pode ser apreciada através de um percurso com 1980 m adaptado para cadeiras de rodas e onde a informação está disponível em Braille e SPC (linguagem simbólica para pessoas com paralisia cerebral).
 
 
 
 

Utilizamos cookies para fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.