Vida Nocturna na Madeira

Durante a semana, a vida nocturna da Madeira não é especialmente agitada – o que é uma vantagem e revela como a vida quotidiana da ilha ainda não foi afectada pelo ritmo moderno da indústria turística. A relação entre o número de turistas e o de habitantes é bastante baixa, pelo que a maioria dos madeirenses faz uma vida de trabalho ou de estudo "normal" durante os dias úteis, sendo sobretudo aos fins-de-semana que a noite se anima e ganha vida até de madrugada!

Para que a sua noite possa ser um sucesso, eis algumas sugestões de locais a visitar no Funchal... que pode escolher de acordo com as suas preferências, disposição ou ocasião que pretenda celebrar durante as suas férias na Madeira.

Cafés, Bares e Pubs
Café Fora d'Oras, White House Pub (ambos na Rua da Casa Branca – zona do Lido), Number 2 (em frente ao Carlton Madeira), Moynihans (o único pub tradicional irlandês na Madeira), Prince Albert Pub, Joe's Bar (todos na Rua da Imperatriz Dona Amélia, por trás do Hotel Savoy), Café Teatro (junto ao Teatro Municipal) e Bar do Museu (na Praça do Município, bem no centro da cidade).

Bares e Clubes Nocturnos
Se gosta de música ao vivo, de dançar e apreciar uma bebida numa esplanada agradável, experimente o Moynihans (na rua por trás do Savoy) ou o FX Bar (atrás do Teatro Municipal, do lado do porto).

Discotecas
Há muitas discotecas para todas as faixas etárias no centro do Funchal e no interior, assim como próximo dos mais famosos hotéis de 5 estrelas. Em frente ao pub Number 2, os noctívagos encontrarão o Kool (aberto toda a semana até ao nascer-do-sol). O Chameleon (aberto todos os dias, das 19h às 4h) fica um pouco abaixo do Madeira Carlton, no lado esquerdo da rua que leva ao porto. Nas caves do Casino pode visitar o Copacabana, um clube nocturno com noites temáticas, espectáculos de moda, danças aeróbicas e actuações de bandas ao vivo até à 1h, altura em que começa a funcionar como discoteca (de quarta a sábado e vésperas de feriados, das 23h às 4h).

Na zona da baixa, já na área do porto e ao lado do terminal de ferries, encontram-se as ruínas de uma antiga fortaleza coroadas por um moderno edifício – é O Molhe, com discoteca ao ar livre e 2 ou 3 pistas de dança no interior dedicadas a música de diferentes estilos (de sexta e sábado, da meia-noite às 6h). Esta discoteca está ao rubro entre a 1h e as 3h, altura em que os noctívagos se dirigem para a área de bares em frente ao porto de carga. Aí destacam-se o Marginal e o Jam (ambos abertos de quarta a domingo e vésperas de feriados, da meia-noite às 6h).
O Marginal é um pequeno bar com música de dança, e o Jam é famoso pelos ritmos dos anos oitenta, dirigidos a um público ligeiramente mais velho. Ao lado destes dois, o Vespas (de quarta a domingo e vésperas de feriados, da meia-noite às 6h) é a maior e mais famosa discoteca da Madeira. Nos fins-de-semana é muito frequentado pelos locais e a última etapa de todos os que gostam de desfrutar da noite até aos primeiros raios de sol!

Jantares Musicais e Noites Temáticas
Muitos hotéis oferecem programas semanais com noites temáticas diferentes, abertas ao público. A Parreira e A Seta organizam todas as noites espectáculos de folclore madeirense com um jantar típico. No Arsénio's e no Marcelino, instalados na Cidade Velha, pode jantar ao som do fado.

Casino
A Madeira dispõe também de um Casino para os que gostam de tentar a sorte no jogo. A Sala das Máquinas funciona de domingo a quinta das 15h às 3h, e de sexta a sábado das 16h às 4h. A Sala de Jogos (com sete mesas de Banca Francesa e quatro de Black Jack) está aberta de domingo a quinta das 20h às 3h, e sextas e sábados das 20h às 4h. A entrada é gratuita, mas tem de levar um documento de identificação e não pode vestir traje desportivo.

 
 
 
 

Utilizamos cookies para fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.