• Câmara de Lobos

Foi esta tradicional vila piscatória, situada a cinco quilómetros do Funchal, que inspirou Sir Winston Churchill a pintá-la. O nome foi-lhe dado pelos exploradores João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira, devido à forma da sua baía (Câmara) e por causa de haverem muitos lobos marinhos nesta área.

No começo, o ilhéu encontrava-se completamente rodeado de água mas, com o tremor de terra, o Pico da Torre desabou e as pedras e terra provenientes deste desabamento caíram para o local onde encontra a actual 'vila'. Câmara de Lobos, para além da encantadora baía, tem diversos pontos de interesse, tais como o Pico da Torre, o Curral das Freiras, a Boca dos Namorados, a Boca da Corrida e o Cabo Girão.

Partindo em direcção ao Estreito de Câmara de Lobos, aperceber-se-á de que a cultura da banana dá lugar à da vinha e, um pouco mais acima, à da cereja.

Uma vez no Estreito de Câmara de Lobos, não deixe de visitar a igreja matriz e de passar pela freguesia do Jardim da Serra, onde tem três opções: ir à Boca dos Namorados e apreciar a deslumbrante paisagem do Curral das Freiras, passar pela Boca da Corrida e, finalmente, parar na Quinta do Jardim da Serra.

A não perder de maneira nenhuma é o Cabo Girão (conhecido como o segundo cabo mais alto da Europa), capaz de o presentear com vistas espantosas sobre o concelho do Funchal. Simplesmente deslumbrante…

Câmara de Lobos é a 'casa' da Poncha, uma mistura de sumo de limão, mel e aguardente de cana de açúcar, sempre pronta a servir nas muitas tascas locais. Se gosta de tirar fotografias, vai adorar as paisagens de Câmara de Lobos e os seus habitantes.

Pin It

Atenção! Este website usa cookies e tecnologias similares

Ao fechar esta mensagem esta a concordar com esta utilização.

I understand