• Dragon Trees Nucleus, Funchal

O Dragoeiro (Dracaena draco) é uma espécie endémica das Ilhas Canárias, Madeira e Cabo Verde, mas só poucos podem ser encontrados a crescer num ambiente natural. Desenvolvendo-se muito devagar, demoram cerca de 10 anos a crescer 2 a 3 metros, antes de dar flor.

É precisamente o desabrochar que faz com que os seus ramos se separem, o que acontece com alguma regularidade (normalmente a cada 10 anos, provavelmente menos em cultivo). Isto dá origem à coroa multi-dividida (dragão das 'cem cabeças'), tão característica nas espécies com várias décadas de idade.

O espécimen mais antigo encontra-se provavelmente na vila de La Orotava, no Vale Orotava em Tenerife. É conhecido na região como o 'Dragoeiro Milenário' e estima-se que tenha entre 1500 e 3000 anos de idade, apesar de ser provável que não ultrapasse os 650 anos de idade (idade calculada no seu número de ramos). Com o objectivo de assegurar a continuidade desta espécie, o Governo Regional adquiriu um espaço onde se podiam encontrar alguns Dragoeiros com algumas centenas de anos. Esse local situa-se no Sítio das Neves, na localidade de São Gonçalo, mesmo à saída do centro do Funchal, no sentido Funchal – Aeroporto.

Pin It

Atenção! Este website usa cookies e tecnologias similares

Ao fechar esta mensagem esta a concordar com esta utilização.

I understand