•  Madeira for Digital Nomads

Durante a pandemia de COVID-19 em 2020, muitos trabalhadores globalmente móveis (conhecidos como ‘nômades digitais’) de toda a Europa chegaram à Madeira para aguardar os confinamentos. Muitos ficaram tão cativados pela ilha que decidiram ficar por um longo prazo, alguns até comprando propriedades. Ao contrário da maior parte da Europa, a vida na Madeira continuou normalmente durante a pandemia. Isso se deve em grande parte às medidas proativas de gerenciamento de vírus da ilha.
No Funchal, bares, cafés e restaurantes, como o Café Ritz, permaneceram abertos, enquanto no Porto Santo os visitantes podem ainda desfrutar da extensa praia dourada e dos passeios pedestres. Para quem quer algo mais invulgar, a Praia Formosa fica a uma curta distância do centro do Funchal. Poderá ver a mesma na webcam ao vivo do Sunset Bar Centromar.
Para os amantes de cafés especiais, o Greenhouse Coffee está situado ao lado do Teleférico do Monte. A excepcional qualidade de internet/WiFi da Ilha é particularmente favorável para estes nômades digitais e trabalhadores remotos.
Para saber mais sobre o porquê da Madeira ser um destino tão bom para os nómadas digitais, pode ler o artigo completo sobre o Digital Émigré.

Atenção! Este website usa cookies e tecnologias similares

Ao fechar esta mensagem esta a concordar com esta utilização.

I understand

Últimas Notícias