• Coronavirus (Covid-19)

Última atualização 7 de abril (18:00)
Atualmente, a Madeira possui 1 caso recuperado e 49 casos positivos de COVID-19. Até o momento, foram identificados 365 casos suspeitos, dos quais 305 foram negativos. Outras estatísticas mostram que existem 518 pessoas sob vigilância ativa, com mais 246 pessoas em auto-vigilância.
Apenas 2 pacientes com coronavírus permanecem internados na unidade de isolamento dedicada à covid-19 no Hospital Dr. Nélio Mendonça, embora 1 doente na unidade de cuidados intensivos e ventilado (ambos os doentes estão em situação estável). Os outros 47 pacientes permanecem isolados, 44 em suas residências e os 3 cidadãos holandeses na Quinta do Lorde.

A 4 de abril a Madeira regista o primeiro caso de recuperação, nomeadamente de um dos quatro turistas holandeses na Quinta do Lorde, agora dada como recuperada após a realização de duas análises negativas. Hoje com viagem de regresso ao seu país de origem.

3 de abril Pavilhão dos Trabalhadores encontra-se preparado para acolher os sem-abrigo. 50 camas serão disponibilizadas assim como todas as condições necessárias para que estas pessoas possam se auto-isolar durante a pandemia da Covid-19.

A 29 de março, o Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, emitiu um novo mandato no que diz respeito às restrições de movimento e isolamento social para conter a propagação do coronavírus.
A partir das 00h00 do dia 31 de março, entram em vigor as seguintes medidas:
1 - A partir de 31 de março, apenas os negócios essenciais podem permanecer abertos.
2 - Todos os casos suspeitos em hotéis devem passar por período de isolamento obrigatório de 14 dias.
3 - Redução para 100 passageiros nos Aeroportos Madeira Cristiano Ronaldo e Porto Santo permitida por semana. Todos os passageiros são encaminhados para cumprir a quarentena obrigatória de 14 dias.
4 - Reorganização do sistema de saúde. Cessação da mobilidade entre as unidades de saúde existentes para evitar a contaminação cruzada.
5 - Reforço das medidas de circulação e encontros sociais são estritamente limitados a duas pessoas.

26 de Março
Atualmente, existem vinte (20) casos positivos de Covid-19 na ilha, incluindo quatro turistas holandeses e dezasseis madeirenses, incluindo um caso referente a um passageiro que estava em quarentena na Quinta do Lorde, e cinco membros de uma família que contraíram o vírus após de uma recente viagem à Espanha. Desde do dia 29 de fevereiro, dos 105 casos suspeitos, 85 foram confirmados como negativos. Além disso, atualmente 835 pessoas estão sob "vigilância ativa" em casa e outras 1.591 estão em "auto-vigilância".
Todas as chegadas à Madeira devem entrar em quarentena obrigatória e realizar os respetivos testes.
O Governo Regional solicitou que todos os turistas restantes na ilha sejam repatriados. Além disso, a partir de quarta-feira, 25 de março, viajam apenas residentes por motivos médicos de força maior.

25 de Março
Foram anunciados quatro novos casos confirmados, elevando o total para 16 casos positivos de Coronavírus na Madeira (12 são pacientes residentes na Madeira e 4 são turistas de nacionalidade holandesa). Dos 94 casos suspeitos, 78 foram resultados negativos, 806 sob vigilância ativa em suas residências e 1678 em auto-vigilância.
Três dos pacientes internados na unidade de isolamento do Hospital Dr. Nélio Mendonça foram encaminhados para casa para continuar o isolamento em seus domicílios. Todos esses pacientes estão em condições estáveis e nenhum necessitou de cuidados intensivos.

24 de Março
Os casos de coronavírus continuam a aumentar na Madeira, com 12 casos positivos confirmados, aos quais oito se referem a residentes da ilha. Cinco apresentam sintomas ligeiros e estão a recuperar em casa. Os restantes estão internados na unidade dedicada ao tratamento ao coronavírus, no Hospital Dr. Nélio Mendonça, em situação estável.
A Madeira tem 459 pessoas sob vigilância ativa pelas autoridades de saúde e 1.532 pessoas em autovigilância nas suas residências.
Dos passageiros que chegaram à Madeira, 66 foram transferidos para um centro de quarentena específico no resort Quinta do Lorde, no Caniçal e 15 ficaram em quarentena obrigatória no Hotel Praia Dourada, em Porto Santo. Todos os casos são de origem externa.

23 de Março
A Madeira, como muitos outros destinos turísticos, foi afetada pelo surto do Coronavírus. De forma a prevenir a propagação do mesmo, todos os eventos agendados foram adiados este ano, incluindo a famosa e vibrante Festa da Flor, que fora re-agendada para setembro de 2020.
O Governo Regional da Madeira e o Governo da República de Portugal mostraram uma abordagem proativa e sensata à pandemia, declarando “Estado de Emergência” e estão fazendo tudo ao seu alcance para criar um ambiente seguro para seus cidadãos. Até 23 de março, nove casos positivos de coronavírus haviam sido registados na Madeira. Os turistas estão sendo repatriados e todos os hotéis encerrados.
Foi criado um centro de quarentena específico na Madeira, no resort Quinta do Lorde, Caniçal e na ilha do Porto Santo. Num mundo em estado de ansiedade, o povo madeirense mantem-se calmo e continua vivendo da melhor maneira possível, dadas as circunstâncias. Apesar do vírus, a Madeira permanece como sempre um jardim flutuante que é sempre verão. Com uma população determinada e prática, a ilha voltará a ser um local seguro, limpo, bonito e com a natureza no seu melhor, recebendo os seus turistas de forma humilde e graciosa, como sempre.

19 de Março
Madeira regista dois novos casos positivos de coronavírus.
No total, 3 casos positivos estão confirmados. Um turista que chegou da Holanda há 5 dias e um residente madeirense que chegou do Dubai, ambos em quarentena imediata.
O Governo da República Portuguesa declarou estado de emergência a partir das 00h00 de hoje, dia 19 de Marco, por 15 dias.
Esperamos que, com esta medida, possamos conter a propagação do vírus na Ilha da Madeira.

17 de Março
Um turista chegado recentemente à Madeira testou positivo para o Coronavirus e foi colocado em quarentena.

16 de Março
O Presidente do Governo Regional da Madeira anunciou hoje, 16 de março, que não há casos do coronavírus ou Covid-19 na Ilha da Madeira. Para tentar manter a Madeira livre do vírus, todos os passageiros que chegarem ao aeroporto Cristiano Ronaldo na Madeira, ficarão em quarentena obrigatória por 14 dias, até novo aviso.
Isso significa que todos os operadores turísticos estão a cancelar os seus vôos para a Madeira e Porto Santo, exceto os vôos de regresso para os turistas que já estão na ilha.
Esperamos que, em breve, as coisas voltem ao normal que a Madeira mantenha a sua condição livre do vírus e possamos receber os visitantes no Clima sempre de Verão da Madeira. Manteremos informação atualizada nos próximos dias.

 

Cartaz sobre Coronavírus - Recomendações

Coronavírus - Recomendações

Atenção! Este website usa cookies e tecnologias similares

Ao fechar esta mensagem esta a concordar com esta utilização.

I understand

Últimas Notícias